Pesquisar este blog

domingo, 21 de dezembro de 2008

Um Assunto Diferente (?)

"O Estado é meu inimigo"!
Esta frase é repetida com certa freqüência pelo jornalista Ricardo Boechat, e esta é uma ocasião em que a reverbero.
Nesta semana que terminou, fomos - acredito eu - todos os brasileiros trabalhadores e pagadores de impostos, surpreendidos com a votação quase sorrateira da emenda constitucional que aumenta o nº de vereadores no país, algo emtorno da bagatela de quase 8 mil cargos.
Se ficasse por aí já seria um escândalo pela inutilidade destes vereadores. Mas o pior é que com eles rebocam-se 20 outros para os cargos de assessorias diversas. Para o "partido da boquinha" - que é suprapartidário por definição - um regalo de final-de-ano.
Quando vir uma criança desamparada, um idoso sofrendo num atendimento precário ou inexistente, quando olhar aquela escola caindo aos pedaços, o policiamento deficiente ou toda e qualquer forma de abandono daquilo que deveria ser o básico do atendimento...lembre-se do nosso brioso Senado.
O mesmo que já escreveu páginas gloriosas, tem também seu "underground" que emerge exalando seus fedores pútridos, miasmas cancerígenos, o reconhecível fedor do enxofre.
Torpe por patrocinar o esbulho do dinheiro público (embora verdade seja dita não é a única instituição), covarde por ocultar-se na sombra da noite e do conjunto de outras medidas votadas, o Senado da República teve, a defender-lhe o patrimônio moral e à Nação sua honra, apenas 5 indivíduos. Os demais, vampiros, canalhas, torpes, vermes, facínoras, etc, amaldiçoados sejam eles e suas proles serpentárias.

Vociferei em e-mails para os representantes cariocas (cariocas ou deles mesmos?) e para o Presidente da casa. Elogiei o Cristovam Buaque e o Tião Vianna no Senado e também escrevi para o Arlindo Chinaglia (da Câmara).
Serei ouvido...não sei. Minha "voz" pode ser pequena ou isolada a ponto de ser irrelevante. Mas reclamei e me lembro daquele rebelado em 1904 que dizia que a Revolta da Vacina "era para o governo saber que eles NÃO eram carneiros".

Indigne-se! Reaja!
Vá no sites do Senado e da Câmara, desça alenha no primeiro e apoie o segundo.
Quem sabe adianta.
Postar um comentário