Pesquisar este blog

quarta-feira, 25 de janeiro de 2012

Obama autorizou resgate na Somália


O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, autorizou a bem-sucedida operação de resgate de dois voluntários na Somália por causa da deterioração da saúde de um dos reféns, a americana Jessica Buchanan, de 32 anos, afirmou nesta quarta-feira o vice-presidente Joe Biden.
O vice-presidente americano, Joe Biden, disse em uma entrevista à emissora ABC que os problemas de saúde de Buchanan, funcionária da Agência de Desminagem da Dinamarca na Somália, levaram Obama a dar um sinal verde à bem-sucedida incursão.
Na madrugada, um comando de forças especiais da Marinha de Guerra dos Estados Unidos (SEALS), da mesma unidade que em abril matou em uma incursão no Paquistão o chefe da organização terrorista Al Qaeda, Osama bin Laden, libertou na Somália dois voluntários estrangeiros sequestrados em outubro.
A Casa Branca e o Pentágono confirmaram em comunicados que um pelotão da SEALS tinha libertado a americana Jessica Buchanan e o dinamarquês Poul Thisted, sem baixas entre os militares americanos.
"Os militares disseram que era a oportunidade, que este era o momento de fazê-lo", comentou Biden na entrevista. "A incursão foi um êxito, esses soldados são absolutamente incríveis", acrescentou o vice-presidente.
"Uma das coisas que já sabíamos desde o ataque contra Bin Laden é que o melhor é não mexer com os detalhes da operação e deixar que o Pentágono decida", disse Biden, que acompanhou a operação da "sala de situação" da Casa Branca.
O vice-presidente acrescentou que Obama "teve o privilégio de se comunicar, depois do discurso, com o pai de Jessica para dizer que ela estava a salvo, fora do país e em boas mãos".
Em declaração escrita divulgada durante a madrugada, o presidente Obama disse: "Graças à coragem extraordinária e à capacidade de nossas Forças de Operações Especiais, Jessica Buchanan foi resgatada e está a caminho de casa".
Já o secretário de Defesa, Leon Panetta, em outra declaração escrita, disse que os dois estrangeiros "tinham sido sequestrados à mão armada por criminosos na Somália".
Após seu resgate, Buchanan e Thisted "foram transferidos a um lugar seguro onde sua condição de saúde será avaliada e eles farão os procedimentos para seu retorno", acrescentou.
Na noite de terça-feira, Obama se encontrou com Panetta pouco antes de começar no Congresso seu discurso anual sobre o Estado da União. "Bom trabalho!" disse o presidente ao secretário de Defesa em seu caminho até a Câmara de Representantes.
O jornal "The New York Times" e a emissora de televisão "NBC", que citaram suas próprias fontes não identificadas, afirmaram que os comandos da força especial desceram de helicóptero próximo ao lugar onde os dois estrangeiros estavam presos.
Segundo a emissora "CNN", fontes oficiais confirmaram que nove sequestradores morreram no enfrentamento
Fonte: Terra http://noticias.terra.com.br/mundo/noticias/0,,OI5577251-EI8141,00-Obama+autorizou+operacao+na+Somalia+por+saude+da+refem.html
Postar um comentário