Pesquisar este blog

quinta-feira, 28 de junho de 2012

Comboios militares da Turquia seguem para fronteira com Síria



 Fonte:  http://exame0.abrilm.com.br/assets/pictures/59808/size_590_turquia-siria.jpg?1340884097
     Soldados e veículos militares turcos se dirigiram nesta quinta-feira para a fronteira com a Síria, depois de o primeiro-ministro Tayyip Erdogan ordenar que suas forças reajam a qualquer ameaça feita pela Síria.
     A mobilização militar ocorre depois de a Síria ter abatido um caça da Força Aérea turca, na sexta-feira. As relações entre os dois países, outrora aliados, já atravessavam uma fase ruim por causa da proteção dada pela Turquia a rebeldes que combatem o regime do presidente sírio, Bashar al Assad.
     -Posso confirmar que há tropas sendo mobilizadas ao longo da fronteira na província de Hatay. A Turquia está tomando precauções depois de seu jato ser abatido – disse um funcionário do governo turco, pedindo anonimato.
     Ele disse não saber quantos soldados ou veículos estavam sendo envolvidos, mas acrescentou que também há baterias antiaéreas sendo instaladas nas localidades fronteiriças de Yayladagi, Altinozu e Reyhanli.
     A agência turca de notícias Dogan mostrou um comboio saindo de um quartel na cidade de Gaziantep com direção à fronteira. Estradas foram interditadas para a passagem do comboio.
     A imprensa turca também mostrou na quarta-feira outro comboio saindo da cidade litorânea de Iskenderun e se instalando perto da fronteira, a 50 quilômetros de distância.
     Na quinta-feira, um repórter da Reuters na mesma área viu outro caminhão grande, levando um canhão antiaéreo.
     Erdogan disse que qualquer elemento militar tido como ameaçador e que vá na direção da fronteira com a Turquia será declarado um alvo militar válido. A preponderância de armas antiaéreas no comboio sugere que a Turquia está se preparando para a possível aproximação de aviões e helicópteros sírios.
     A agência estatal de notícias Anatólia noticiou mobilizações de veículos blindados também em Sanliurfa, no meio da fronteira sírio-turca, e Hatay, província litorânea turca que se projeta no território sírio.
     Detalhes específicos das novas regras turcas de abordagem militar não foram divulgadas. Ancara diz que o incidente com seu caça F4, na semana passada, aconteceu sobre águas internacionais, mas Damasco alega que o avião penetrou em seu espaço aéreo.
 Fonte: http://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/thumb/7/7c/F-4E-81st-tfs.jpg/250px-F-4E-81st-tfs.jpg

     A região turca na fronteira com a Síria abriga atualmente mais de 33 mil refugiados do conflito interno sírio, além de elementos do grupo rebelde Exército Sírio Livre.
 Fonte:  http://surgiu.com.br/noticia/38317/comboios-militares-da-turquia-seguem-para-fronteira-com-siria.html
Postar um comentário