Pesquisar este blog

segunda-feira, 23 de julho de 2012

Síria admite possuir armas químicas


 http://imguol.com/2012/07/22/22jul2012---imagem-de-video-amador-mostra-fumaca-no-ceu-do-bairro-al-mazzeh-em-damasco-siria-as-forcas-armadas-chefiadas-pelo-presidente-bashar-al-assad-usaram-helicopteros-em-uma-nova-ofensiva-contra-1342961481727_1024x768.jpg

Síria admite possibilidade de usar armas químicas em caso de "agressão externa"

Esta é a primeira vez que o país assume possuir este tipo de armamento; governo nega uso contra civis


      O Ministério de Relações Exteriores da Síria admitiu nesta segunda-feira (23/07) que o país possui armas químicas e biológicas que podem ser usadas em caso de “agressão externa”. Em uma coletiva de imprensa, o porta-voz do ministério afirmou que o arsenal deste tipo de armamento está seguro e é monitorado diretamente pelas Forças Armadas sírias.
      Esta é a primeira vez que a Síria admite possuir armas químicas e biológicas. Segundo a OPCW (Organização para a Proibição de Armas Químicas), o país não é signatário da Convenção sobre Armas Químicas, que proíbe o desenvolvimento, a produção, o armazenamento e o uso deste tipo de equipamento.
      Além da Síria, os outros países que não assinaram o documento foram Angola, Egito, Coreia do Norte, Somália e Sudão do Sul. Enquanto Israel e Mianmar assinaram porém não ratificaram o acordo.
      Sobre o alerta feito pelo Departamento de Defesa dos EUA na semana passada, no qual o país norte-americano se dizia preocupado com a possibilidade da Síria utilizar armas químicas contra a população civil, o porta-voz afirmou enfaticamente que o governo de Bashar al Assad não pretende utilizar as armas contra o povo sírio. Para o ministério, a preocupação divulgada pelos EUA é, na verdade, uma forma de pressão e difamação contra o país árabe.
      O ministro das Relações Exteriores alemão, o liberal Guido Westerwelle, qualificou nesta segunda-feira de "monstruosa" a declaração por parte do regime sírio com relação ao possível emprego de armas químicas em caso de uma eventual agressão de forças estrangeiras.
      "Ameaçar usar armas químicas é monstruoso. Com isso, o regime sírio volta a fazer patente sua postura de desprezo pelo ser humano", disse o chefe da diplomacia alemã, segundo a Agência Efe.
Ao mesmo tempo, Westerwelle exigiu "categoricamente que todas as forças na Síria contribuam de maneira responsável para vigiar um eventual arsenal de armas químicas".
Fonte Opera Mundi http://operamundi.uol.com.br/conteudo/noticias/23201/siria+admite+possibilidade+de+usar+armas+quimicas+em+caso+de+agressao+externa.shtml
Postar um comentário