Pesquisar este blog

terça-feira, 24 de dezembro de 2013

PROGRAMA FX-2 O FIM DE UMA NOVELA - Campo de Batalha Aérea


Olá amigos.

Como a grande maioria de vocês já devem saber, a novela do programa FX-2 encerrou , depois de 19 anos!!!!! Sim, meus amigos. O assunto começou em 1994, para se chegar a uma conclusão somente em 2013!!!! Muitos que acompanham este blog vão lembrar dos meus "pitis" pôr causa da demora da solução deste assunto. Mas enfim, o assunto acabou sua primeira fase. O vencedor foi o moderno caça leve Saab JAS-39 Gripen NG, que já é chamado de Gripen E no mercado internacional. Muitos já andaram me perguntando nas redes sociais, por e-mail, e mesmo nas mensagens aqui do blog Campo de Batalha Aérea sobre o que eu penso deste resultado.
Bom, antes de mais nada esse resultado é ótimo justamente por ser um "RESULTADO". Finalmente este assunto acabou, pois já se falavam até em cancelamento, o que seria desmoralizador para a já abalada credibilidade brasileira lá fora. Tecnicamente, o Gripen E (vou chamar o Gripen NG assim a partir de agora) é um caça extremamente ágil, com capacidade de curva bastante elevado (superior ao do F-16 e MIG-29). Sua capacidade de aceleração, razão de subida e velocidade máxima são "adequados". Ou seja, nada espetacular como por exemplo os mesmos aspectos do Rafale. Mas o seu baixo custo operacional e de aquisição o fazem uma boa escolha do ponto de vista da relação custo benefício. Ele é um caça fácil de integrar armas de varias origens, e isso é muito interessante para nossa força aérea que tem armamentos israelenses, sul africanos e nacionais. Seu radar, de longe, é pior dos 3 modelos da short list, mas ainda sim, é superior ao que usamos nos F-5M e Mirage 2000C. Este componente poderia ser modernizado num futuro distante, em uma modernização de meia vida ao melhor estilo "MLU".
Agora começam as negociações, a produção das linhas do contrato para estabelecer a transferência de tecnologia, suporte, treinamento e valores que deverão ser atualizados, pois esse programa demorou muito além do que devia, tornando os valores das propostas desatualizados.
Também já devemos ter em mente que deveremos considerar que precisaremos de um caça de 5º geração para o país em breve.
Postar um comentário