Pesquisar este blog

terça-feira, 9 de fevereiro de 2016

Irã recoloca caça MiG-29 em vôo e moderniza seus componentes


A agência de noticias iraniana FARS informou que a Força Aérea do Irã (IRIAF) está realizando um amplo trabalho de reforma e modernização de seus caças MiG-29 Fulcrum. Uma aeronave MiG-29 realizou o primeiro voo de teste de sucesso no dia 4 de agosto, após ser revisado por especialistas locais.
 
 
Segundo a reportagem, a modernização é necessária para manter a prontidão de combate caso seja preciso “se defender de um provável ataque dos EUA contra alvos civis e militares”.
 
A aeronave revisada estava fora de voo há 12 anos, e depois de passar pela revisão na Base Aérea de Shaheed Fakouri, na cidade de Tabriz. Foram necessárias 21.000 horas homem de trabalho.
 
Os especialistas iranianos passaram 24 meses para reformar o jato de combate estratégico, que recebeu três modernos sistemas eletrônicos, numa tentativa de aumentar as suas capacidades técnicas e de backup.
 
“Pela primeira vez no país, recebemos a autorização para reformar dois caças MiG-29 na Base Aérea de Tabriz, e o processo de cinco procedimentos de reforma foram realizadas em duas fases, também em Tabriz,” disse o Comandante da Base Aérea de Tabriz, Mohammad Hellatabadi.
 
O Irã deve possuir entre 85 e 95 caças MiG-29 no inventário, de acordo com dados de 2011.
 
Irã ficou com quatro aeronaves que eram do Iraque, conseguidas na época da Guerra do Golfo em 1991, antes da invasão do Iraque pelos EUA, e o restante adquirido da Rússia durante os anos 1990 a um custo de aproximadamente US$ 11 milhões por avião.
 
A maioria dos caças MiG-29 também receberam uma nova sonda de reabastecimento em voo para ficar compatível com as aeronaves tanques operadas pela IRIAF.
 
Uma reportagem da FARS também menciona que o Irã recentemente fez “um bom progresso na indústria aeronáutica e conseguiu ganhar o know-how técnico para a produção de aeronaves stealth e drones”.
Postar um comentário